Páginas

29 de nov de 2012

Resenha: A Sombra do Vento - Carlos Ruiz Zafón

Tudo começa na Barcelona de 1945. Daniel Sempere está completando 11 anos. Ao ver o filho triste por não conseguir mais se lembrar do rosto da mãe já morta, seu pai lhe dá um presente inesquecível: em uma madrugada fantasmagórica, leva-o a um misterioso lugar no coração do centro histórico da cidade, o Cemitério dos Livros Esquecidos. O lugar, conhecido de poucos barceloneses, é uma biblioteca secreta e labiríntica que funciona como depósito para obras abandonadas pelo mundo, à espera de que alguém as descubra.
 É lá que Daniel encontra um exemplar de "A Sombra do Vento", do também barcelonês Jilián Carax. O livro desperta no jovem e sensível Daniel um enorme fascínio por aquele autor desconhecido e sua obra, que ele descobre ser vasta. Obcecado, Daniel começa então uma busca pelos outros livros de Carax e, para sua surpresa, descobre que alguém vem queimando sistematicamente todos os exemplares de todos os livros que o autor já escreveu. Na verdade, o exemplar que Daniel tem em mãos pode ser o último existente. E ele logo irá entender que, se não descobrir a verdade sobre Julián Carax, ele e aqueles que ama poderão ter um destino terrível.


A Sombra do Vento é uma narrativa de ritmo eletrizante em uma prosa ora poética, ora irônica. O enredo mistura gêneros como o romance de aventuras de Alexandre Dumas, a novela gótica de Edgar Allan Poe e os folhetins amorosos de Victor Hugo. Ambientado na Barcelona franquista da primeira metade do século XX. Além de ser uma grandiosa homenagem ao poder místico dos livros, é uma verdadeiro triunfo da arte de contar histórias.
 O livro usa todos os cenários de uma Barcelona pós guerra, cheio de cultura e tragédia sobre esquecimentos, no meio de avenidas e casarões abandonados cheios de mistérios e segredos, que nos levam ao fundo de uma leitura encantadora. O livro marca a passagem do personagem Daniel de menino para homem, o que acaba despertando uma fascínio ainda maior pelos livros. Na busca de Daniel, que de início aparenta inocência, ele acaba entrando no lado obscuro de Barcelona e conhece muitas pessoas que vão ajudá-lo a resolver o mistério que envolve Carax, como o interesseiro livreiro Dom Gustavo Barceló, Clara Barceló, que revela elementos misteriosos sobre Carax, Fermim Romero, mendigo de passado glorioso e de um senso de humor sem igual, que será o maior aliado de Daniel. Entre outros personagens temos ainda Javier Fumero, o cruel policial que também dedica a vida a perseguir o fantasma de Julián Carax.
 À medida que Daniel vai descobrindo mais sobre os mistérios de Carax, ele entende que o mistério de sua obra está de alguma forma relacionado à história de amor entre dois jovens do inicio do século.

A Sombra do Vento é o tipo de livro que te prende do começo ao fim, daqueles que você deseja terminar logo para saber o desfecho de tudo, mas também deseja que não tenha fim, de tão mirabolante e perfeito que é. De longe, um dos melhores livros lançados até então.
 O livro de Carlos Ruiz Zafón já ultrapassou a marca dos 6.5 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo desde o seu lançamento, em 2001 pela editora Objetivo.

22 comentários:

  1. Li várias resenhas sobre esse livro e muitas positivas, falando super bem o autor. Estou com esse livro para ler há um tempão e ainda não peguei, acredita?
    Gostei da resenha. :)

    Beijos!
    www.desejoliterario.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dyana, abra esse livro e leia logo.
      É um dos melhores livros que já, é perfeito em todos os termos.

      Bjão!

      Excluir
  2. Nunca li nenhum livro do Zafón, e tenho bastante vontade de ler. Por enquanto não é uma prioridade. rs
    Adorei sua resenha!
    Beijos
    www.souseuastral.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Gostei muuuuuito da sua resenha, simples e objetiva! *.*
    tenho muita curiosidade de ler algum livro do Zafón, especialmente 'A Sombra do Vento', mas confesso que só li umas duas resenhas da obra (incluindo a sua, haha) então não fazia muita ideia do que se tratava a história (tinha mais curiosidade em relação a escrita do autor, até então tão elogiada u_u). Sem dúvida alguma, agora tenho total certeza que PRECISO desse livro o mais rápido possível *.* asudhuiashdiuhasiuhdiudas.

    Beeeeeeeeijinhos e uma ótima sexta-feira! :*
    www.linguadoslivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que ajudei de alguma forma Rafaela. Adoro os livros do Zafón e esse, com toda certeza, é um dos melhores livro que já li. Tenho certeza que você vai adorar.

      Bjão!

      Excluir
  4. Oi Markos!
    Desde que o livro foi lançado fiquei com vontade de ler,primeiramente fui fisgado pela capa e depois pela sinopse que me agradou bastante,em breve vou ler.
    Seu post ficou bem elaborado e objetivo...curti.
    Abraço!

    Bruno
    http://oexploradorcultural.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Essa é a primeira resenha que leio sobre esse livro e me interessou bastante. A história parece ser daquelas que prende o leitor do início ao fim. Pretendo ler algum livro do autor em breve.
    Bjs

    Joyce
    entrepaginasesonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Ainda vou comprar algum livro desse autor, pois suas estórias me interessam demais. Acho as capas lindas tb.
    Resenha - Sem Clima para o Amor.
    Passa lá!
    Manuscrito de Cabeceira
    Bjs.

    ResponderExcluir
  7. Oi Markos, eu sempre tive muita vontade de ler o livro, mas me desanimei com a narrativa, pelo que me contavam, mas agora vc descrevendo tudo de forma bem diferente, reacendeu em mim a vontade de ler. E não sei por que me lembrou algumas cenas de livros da Elizabeth Chandler (que eu amo(.
    Bom, foi muito bom ter lido sua resenha, parabéns.
    Abraço
    MauMau
    http://www.sonhosresenhas.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mauricio, esqueça tudo de ruim que já leu sobre o livro. A narrativa é super legal, o livro é muito bem escrito.
      Leia o livro sim, você não vai se arrepender mesmo.

      Abraços!

      Excluir
  8. Eu amo de paixão esse livro e o autor.
    Foi a primeira resenha que fiz no meu blog. Gostei muito da sua, esta de parabéns!! Da uma passada lá no meu blog e confere a minha resenha.
    Bjokass

    http://livrosemarshmallows.blogspot.com.br/2012/10/resenha-sombra-do-vento.html#comment-form

    ResponderExcluir
  9. Te indiquei à um Meme lá no blog, depois dar uma olhadinha :D
    http://souseuastral.blogspot.com.br/2012/11/meme-laco-de-incentivo-leitura.html

    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Oi, Markos.
    Zafón é incrível.
    Eu ainda não consegui ler esse livro, mas ele está na lista.
    Esse ano eu li Marina, que também é dele, e fiquei encantada.
    Adoro a escrita do Zafón, é fascinante :D
    Beijinhos
    http://fulanaleitora.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Olá, parabéns pelo blog!
    Se você puder visite este blog:
    http://morgannascimento.blogspot.com.br/
    Obrigado pela atenção

    ResponderExcluir
  12. Oi, é a primeira vez que acesso o seu blog e adorei, pois amo livros, hehe ^^
    Gostei muito de suas resenhas! Ah, esse livro é ótimo, gosto muita da forma como o Zafón escreve! Ah, seguindo o seu blog

    Abraços,
    Revolução Nerd

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu ai Victhor, seguindo você também.

      abração!

      Excluir
  13. Oi!!!
    Não li ainda, esse e Marina estão na minha lista!
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias
    livroterapias.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Oi!
    Eu sou louco para conhecer algum livro do Zafón. Tenho "Marina" mas ainda não o li. Acredito que ele escreva livros ótimos mesmo.
    Parabéns pela resenha!
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  15. Oiii
    Louca por esse livrooo!!!
    Parece ser o máximo!
    Só resenhas positivas já li dele u_u

    ResponderExcluir
  16. Tipo
    esse enredo -qq Sério, não dava para ser mais cativante e perfeito. Ótima resenha!

    ResponderExcluir
  17. Terminei faz alguns dias "Marina" e simplesmente amei. A escrita do Zafón é fascinante, rica, poética... Preciso ler outras obras dele, em especial "A Sombra do Vento"!

    Beijos

    ResponderExcluir